(51) 2160.9170
  • Blog SOULinux

    Acompanhe Artigos, Notícias e nossos Casos de Sucesso.
Segunda, 09 Agosto 2021

Instalação Ubuntu Server

Escrito por

O Ubuntu é uma das distribuições Linux mais conhecidas e utilizadas, possuindo uma infinidade de derivados (Zorin, Linux Mint, etc.), sendo muito estável para servidores, pois conta com uma versão LTS (long-term support). Pensando em servidores, o Ubuntu Server está disponível em duas versões: LTS e a rolling-release.

O lançamento do Ubuntu Server LTS oferece um ciclo de suporte de cinco anos. A versão atual do LTS é a Ubuntu Server 20.04.2.0 LTS (Focal Fossa), enquanto que a rolling-release é a Ubuntu Server 21.04. A versão LTS possui o ciclo de apoio de cinco anos, enquanto as versões não LTS, tem nove meses de atualizações.

Para fazer download da versão LTS, acesse o seguinte link: https://ubuntu.com/download/server

 

1. Processo de instalação baseado no assistente gráfico do Ubuntu

 

1.1. Inicie seu sistema ou máquina virtual com a mídia de instalação do Ubuntu.

1.2. Na primeira tela deve-se  escolher o idioma da instalação, o escolhido pode ser o inglês.

1.3. Na próxima tela deve-se escolher se a atualização dos pacotes será realizada durante a instalação, ou se essa tarefa será realizada posteriormente. Selecione a opção "Update to New Installer", para que a atualização ocorra durante a instalação.

1.4. Defina o idioma do teclado. Sugerimos, Portuguese (Brazil).


1.5. Na sequência, deve-se configurar a interface de rede, para que o servidor possa se comunicar com outras máquinas e com a internet. Configure com IP manual a sua respectiva interface de rede:

Defina sua subrede (ex: 172.16.1.0/24)Defina o endereço IP (ex: 172.16.1.12) Defina o seu respctivo gateway (ex: 172.16.1.1)Defina os seus servidores DNS (ex: 172.16.1.1, 1.1.1.1, 1.0.0.1)

1.6. O instalador irá solicitar o servidor proxy, caso seja utilizado na rede em que o Ubuntu Server está sendo implantado. Caso não utilize proxy, deixe este campo em branco.

 1.7. Depois de indicado o repositório, chega a hora de particionar o disco. O administrador pode escolher se pretende usar todo o disco, ou então, particioná-lo. Vamos utilizar opção "Use An Entire Disk". Caso  pretenda particionar, use a opção Manual.

1.8. O assistente da instalação irá apresentar um sumário de todas as configurações realizadas ao nível do sistema de arquivos utilizado.Se tudo estiver correto, clique em [Done].

1.9. Na próxima tela, deve-se criar um usuário padrão para acessar o servidor, além de determinar o nome do servidor.

Defina o nome de sua empresa (ex: SOULinux Consultoria Open Source)Defina o nome do servidor (ex: srvNomeSistema)Defina o seu nome de usuário (ex: soulinux)Defina a respectiva senha do usuário

 

1.10. Na próxima janela, marque a instalação somente do servidor OpenSSH, para poder acessar remotamente essa máquina utilizando o ssh de forma segura.

1.11. Na última janela, pode-se selecionar se deseja realizar a instalação de funcionalidades como o Docker, PostgreSQL, dentre outras. Não marcar nenhuma dessas instalações.

1.12. Finalize a instalação e reinicie seu servidor, lembrando de alterar a ordem de boot, se necessário.

 

 

2. Configurações importantes

 

2.1. Acesse o seu servidor com os dados do usuário criado na etapa 1.9.

 

2.2. Estando no terminal, habilite o usuário root:

sudo passwd root
Informe a senha do usuário atual

Informe uma nova senha para o usuário "root" (duas vezes)

Saia da conta do usuário atual e acesse com o usuário "root".


2.3. Habilitar o acesso SSH no Ubuntu:

sudo vim /etc/ssh/sshd_config
Coloque a parte de autenticação como o mostrado abaixo:

#Authentication:
LoginGraceTime 2m
PermitRootLogin yes
StrictModes yes

2.4. Para concluir, reinicie o serviço SSH:

sudo systemctl restart sshd
2.5. Atualize o servidor:
sudo apt update && sudo apt upgrade

 

2.6. Sincronizar servidor com servidor NTP.br: 

 

Definir a região de fuso horário:

sudo dpkg-reconfigure tzdata
Sincronizar servidor com servidor NTP.br:

sudo apt install -y ntpdate

 Agora podemos executar o comando ntpdate, utilizando o servidor nacional NTP.br.

sudo ntpdate pool.ntp.br

Edite o arquivo de configuração do NTP:

sudo vim /etc/ntp.conf

Localize as linhas que correspondem aos servidores de hora universal do Ubuntu:

pool 0.ubuntu.pool.ntp.org iburst
pool 1.ubuntu.pool.ntp.org iburst
pool 2.ubuntu.pool.ntp.org iburst
pool 3.ubuntu.pool.ntp.org iburst

Altere para os servidores públicos do projeto http://ntp.br :

pool a.st1.ntp.br iburst
pool b.st1.ntp.br iburst
pool c.st1.ntp.br iburst
pool c.st1.ntp.br iburst

Reinicie o serviço NTP:

sudo systemctl restart ntp

 

Confira o status do serviço NTP:sudo systemctl status ntp

Caso o seu servidor esteja atrás de um Firewall, o que é o caso, libere a comunicação do mesmo para a internet através do Protocolo UDP na porta 123:

sudo ufw allow 123/udp sudo ufw reload

Faça testes para verificar se o fuso e o horário estão corretos:

sudo ntpq -p

sudo datesudo sntp --version

 

2.7. Instalação do agente qemu

Caso este servidor seja uma máquina virtualizada no hypervisor Proxmox, é ncessário instalar o agente qemu para permitir a execução de comandos na máquina cliente via Proxmox

sudo apt install qemu-guest-agent

sudo systemctl enable qemu-guest-agentsudo systemctl start qemu-guest-agent

sudo systemctl status qemu-guest-agent

 

2.8. Para finalizar, atualize o servidor e limpe itens não mais necessários:
sudo apt update && sudo apt upgrade

sudo apt autoremove

sudo apt autoclean

sudo apt clean

 

Proxmox VE
Proxmox VE
Plataforma completa para virtualização a nível empresarial.
www.proxmox.com
pfSense
pfSense
Sistema que possui recursos avançados para controle e segurança de redes.
www.pfsense.org
FreeNAS
FreeNAS
Sistema operacional para NAS (Network Attached Storage).
www.freenas.org
Zabbix
Zabbix
Ferramenta para monitoramento de redes, servidores e serviços.
www.zabbix.org
XenServer
XenServer
Plataforma de virtualização abrangente, com recursos de classe empresarial.
www.xenserver.org
GLPI
GLPI
Ferramenta completa para gestão de ativos e service desk.
www.glpi-project.org
redhat
redhat
Líder no fornecimento de soluções open source para TI corporativa
www.redhat.com.br
Suse
Suse
Sistema Operacional Linux e soluções de código aberto para serviços corporativos.
www.suse.com
Samba
Samba
Software que implementa solução semelhante ao Active Directory da Microsoft.
www.samba.org

Somos especialistas em Open Source

Conforme as empresas, de todos os portes, passam a seguir o filosofia do open source, começa a ficar claro que as vantagens de adotar esse conceito não se restringem somente aos preços.

Diferente do que pensa o senso comum, o open source é uma filosofia alternativa de negócios e não apenas a disponibilização de softwares gratuitos.


O software de código aberto, proporciona maior liberdade, flexibilidade, agilidade e segurança.